15 de jul de 2011

Amores Virtuais

Se conheceram na comunidade de ex-alunos. Ele, achou bonitinha a foto dela, de tranças olhando o mar. Ela, interessante a caricatura que ele colocou no lugar da sua.

Trocaram scraps inicialmente. Fuxicando as comunidades que pertenciam, descobriram algumas semelhanças. Ela também adorava coca-cola, ele também detestava acordar cedo.

De scraps diários, começaram a trocar e-mails. Textos engraçados que ela recebia, correntes que ambos participavam, logo, evoluíram para animações em Power Point, flores e gatinhos, que lhes desejavam bom-dias coloridos e mensagens de auto-ajuda.

Conversavam no msn todos os dias, no inicio, conversas inócuas e gerais, aos poucos, foram se tornando mais íntimos. Ela confessou que já tinha tido um blog, mas que deletou ao perceber que ficara viciada em comentários; ele riu, e disse que tivera um blog também, mas que enjoara dele.

Estavam apaixonados e já falavam em se encontrar pessoalmente, mas, a crueldade do destino se interpôs em seus caminhos.

O amor deles não resistiu a web cam nova dela, quando ela descobriu que ele era um moleque de quatorze anos! Ele até que continuaria gostando dela, não fosse o fato dela ter sido a professora de matemática que o reprovara três vezes, fazendo-o sair do colégio.
________________________________
Poliana e suas aventuras continuam depois - ainda não leu o primeiro capítulo? Corre no post anterior e conheça as desventuras de uma cama inflável.

4 comentários:

Nath! disse...

oi, estou seguindo o blog retribui?? http://nathmania.blogspot.com/
bjs

Paola disse...

Patrícia...
dentro do peito de uma professora de matem´tica ainda bate um coração, quem diria!

Monica Loureiro disse...

Gostei muito do texto.

Irene Moreira disse...

É sempre a vida nos mostra o inverso e não tem jeito porque em questão de amor ninguém poder mandar no coração.

Beijos