2 de jan de 2012

Blog Retrô 2011 - Blogagem Coletiva


A Elaine Gaspareto  propôs uma retrospectiva bloguista  e, eu claro que topei. Olhar para trás e escolher dentre os posts de 2011 aqueles que, de alguma forma, deixaram sua marca, seja em mim, ou nos que aqui frequentam, foi bem divertido.

Para isso, criou três categorias, o que facilitou muito minha vida, porque depois que fui analisar os posts do ano passado, cheguei a conclusão de que os que adorei escrever, foram os que menos tiveram comentários e muitos tiveram uma visualização estrondosa, e no entanto, somente meia dúzia de comentários. 

A primeira categoria proposta é:

1) Qual post seu que mais você gostou de fazer, que mais prazer ou emoção te deu? Por que?

Na verdade, nessa categoria, encontram-se vários - adoro escrever - então, acabo gostando muito de alguns posts. Mas, dois para mim, se destacam:


2011 me fez perder um pouco do meu humor e este conto, foi um dos poucos escritos ano passado, por isso, ele é importante pra mim, pois mostrou a mim mesmo, que mesmo enferrujada, ainda podia escrever coisa boa. rs
O problema é que ninguém nunca quer saber o outro lado da história. Acostumados com a versão da princesinha e do príncipe encantado, ninguém quer ouvir o que a madrasta tem a dizer.  - A Versão da Madrasta

2) Qual post seu foi o mais popular, mais comentado ou mais visitado? Por que, em sua opinião?

Sem dúvida, os posts que falavam sobre o BBB, foram os mais populares de visualização, mas não de comentários, por isso, deixei-os de lado nesse categoria. Optei por um post que além de ter sido muito emocionante para mim, escrevê-lo, também teve um número expressivo de comentários. 

Na verdade, também foi um post fruto de uma postagem coletiva proposto pela Elaine e cujo tema, espero que permeie o novo ano: AMOR.

3) Qual post seu foi o mais difícil de escrever, o mais complicado? Por que?

Nessa categoria tenho três posts. Foram posts viscerais, no qual me expus como poucas vezes fiz, não por mero exibicionismo, mas por se tratarem de temas, que quando compartilhados, podem ajudar a pessoas, que possam estar passando pelos mesmos problemas.

Esse fala sobre a rejeição editorial, mal que muitos escritores sofrem, antes de finalmente conseguirem um lugar na estante.
Aqui eu falo sobre Síndrome do Pânico e de como sobreviver com ela todos os dias... Foi a primeira vez que falei desse meu problema e de como tenho que lidar com ele todos os dias.
Sem dúvida, esse foi o post mais difícil que escrevi. Não é um post escrito em 2011, na verdade, foi escrito em 2010, mas republiquei no ano seguinte e aqui, convido a todos a lerem, mais uma vez, se já o leu antes, ou o lerem pela primeira vez. Trata-se da violência contra a mulher, nas suas várias nuances. 

Um texto que embora doloroso, tenho muito orgulho de ter escrito, pois através dele, muitas mulheres tiveram coragem de também falar sobre a violência que sofreram/sofriam e em alguns casos, poucos ainda, ajudou outras a enfrentar seus algozes!

7 comentários:

Bel disse...

Fico feliz de ver que li todos! Talvez não tenha comentado, mas li. E, sim, amiga, vc escreve bem demais! Que 2012 te traga ainda mais inspiração!
Bjooo

Anônimo disse...

Esperança de receber alguma ajuda de avidasemmanual.blogspot.com se eu tiver alguma dúvida.

Rosa Branca disse...

Adorei, e o o post do Daniel é uma dádiva. Parabéns!!!!!!!!!!!1

She disse...

Achei essa retrospectiva uma delícia, mais uma vez! Adorei! ;)
Beijo, beijoooo
She

Orvalho do Céu disse...

Olá, querida

No qual cada semente em FLORES de ouro abrindo...
Em nossa mente árida ORVALHA TUA GRAÇA...

Gostei demais da repetição do post pois foi bem escrito sobre um Tema atual e que necessita ser explanado sempre.
Bjm festivo de paz

Vanessa disse...

Mesmo não comentando sempre - as vezes abro 80 janelas, leio e esqueço de comentar, é o TDA - vejo que acompanho bem seu blog, li todas. :-)

Patrícia, desejo que 2012 seja menos punk e mais algodão doce. Beijos

Pepa disse...

Ainda bem que teve essa blogagem, nossa adorei esses que vc escolheu, mas o da madrasta é puro deleite, compartilhei no face e tudo, acho que o melhor conto de fadas que já li !!
Escritor nunca enferruja...

Bjus 1000 sua linda !!