4 de set de 2011

Compartilhando Escritores

Desde que me entendo por gente, sempre sonhei em ser escritora. No inicio, achava que para ser escritora, bastava escrever. Depois entendi que até para isso tem que se ter disciplina, talento e criatividade. Fiz oficinas literárias, participei de saraus e com isso veio um novo desejo, todo escritor quer ser lido. Escritor só, entre quatro paredes, fica com a sensação de vazio. 

Naturalmente, veio a vontade de publicar o que escrevia. Antes do advento dos blogues, esse desejo só poderia ser sanado, através de editoras ou revistas. E foi um longo processo de "nãos", que machucavam, mas não calavam o que ia pro papel. 

Com os blogues aprendi que a publicação no papel, embora importante, não era a única forma de mostrar o que escrevia, a quem queria ler. 

São mais de trinta anos de escrita, entre romances, contos e histórias infantis. Nesse meio tempo, consegui publicar alguns livros, todos em cooperativa e um romance infantil. E uma nova descoberta, não bastava escrever e conseguir publicar, a distribuição era/é um processo difícil. 

A escrita não é apenas uma arte, mas também, um comércio. É a maioria das livrarias não quer um escritor novo, bom ou não, mas um escritor vendável. Isto é, quer um nome para estampar e garantir que aquele livro não encalhe nas prateleiras.

Quando você não tem nome, não o importa o talento que tenha, conseguir um espaço numa livraria é raro, dispendioso (envolve representações, taxas, etc) e quase sempre frustrante.

É assim que muitos talentos se perdem, ou lutam para conseguir seu lugar ao sol. Pela net espalham-se inúmeros deles, que até conseguiram publicar seus livros, depois de muita batalha, ou pagando a publicação. Mas, esbarram na realidade mercantilista da coisa e seus livros ficam à margem do grande público. 

É por isso que estou criando este espaço (mesmo não sendo grande coisa) e convidando a todos que me leem a conhecerem talentos que, infelizmente, ainda não conseguiram seu lugar ao sol. Escritores nacionais contemporâneos, dotados de uma escrita surpreendente, mas que por não serem "retorno financeiro" certo, contam apenas com seus meios para divulgar seus livros. 

Inicio este espaço com quatro desses escritores e a partir desse domingo, sempre trarei mais quatro aqui para apresentar a vocês.

Fal Azevedo - pra mim, depois de Clarice, é ela. Escrita linda, forte, envolvente, que te faz rir, chorar, achar que é você ali naquelas linhas. 
Livros publicados: 
O Nome da Coisa (contos/crônicas)
Crônicas de Quase Amor (contos/crônicas)
Minúsculos Assassinatos e Dois Copos de Leite (romance)

Iara Gonçalves - poetisa delicada e com uma capacidade de transpor sentimento pro papel que me cativou desde o primeiro momento que a li.
Livros publicados:
Flores de Papel

Vanessa Anacleto - escritora de texto concisos, delicados e que sempre te deixa com vontade de ler mais e mais.
Livros Publicados:
Culpa de Mãe

Gloria Leão - Escritora que fala sobre o universo feminino de uma maneira bela e representativa, outra que parece que enxergou nossa alma para escrever sobre ela.
livros Publicados:
Numa Esquina do Tempo Nº 50


E, neste final de semana, um filho gerado coletivamente, finalmente nasceu, o Livro Vidas - fruto de um concurso literário, organizado pela blogueira Elaine Gaspareto.  E, ele já está sendo disponibilizado para vendas. Vai lá no blog da Elaine, que ela te explica tudo. 

Ah,  e o mais importante :o) um dos meu contos foi escolhido para participar dessa edição (que eu espero que seja a 1ª de muitas!)

15 comentários:

Pandora disse...

Eu nunca sonhei em ser escritora, mas embarquei no sonho da Elaine e olha nosso filhão ai!!! Patricia seu conto ficou lindo! E parabéns pelo esforço!

Cheros!!!

Celina Dutra disse...

Parabéns pela idéia da divulgação de novos escritores!
Vou adquirir o meu VIDAS!

Girassóis nos seus dias!
beijo

Vanessa disse...

Puxa, que surpresa me ver citada aqui. Obrigada Patrícia e parabéns para nós, eu sou sua fã de longa data.

bjs

Macá disse...

Patrícia
O seu conto mereceu estar no livro sim. Parabéns
E eu também estou torcendo para que novos livros acompanhem o rastro deste.
um beijo

Iara disse...

Paty querida que lindo ficou este post, tua idéia é ótima, eu nem sei como agradecer por me citares aqui.
Realmente nossa luta é dura, acredito que a maior dificuldade é que os criticos não conseguem se libertar dos escritores do passado para dar ao menos uma olhada nos escritores do presente.
Em cada livro, em cada idéia que aparece, em cada concurso se ve tanta gente boa que não é reconhecida, que não consegue seu espaço.
Ontem ainda vi uma reportagem na Bienal das editoras e alguns escritores dizendo que está na hora de fazer com que os livros brasileiros comecem a ser traduzidos em outros países,não discordo, mas acho que antes disso deveriam ser abertas mais portas aqui mesmo para escritores novos.
Mas enfim, acredito que uma boa maneira é essa tua iniciativa, divulgar escritores, vamos assim nos ajudando, nos amparando, quem sabe nos unindo a gente adquire mais força e acaba vencendo as barreiras com mais facilidade.
Veja só a união já fez um fruto, afinal Vidas é um filho lindo que concebemos juntos.
Amiga, mais uma vez te agradeço, e quero te dizer que te admiro muito e meu carinho por ti é especial.
beijos

Nei kS disse...

!!

Alexandre Mauj Imamura Gonzalez disse...

que bacana e generoso de sua parte apresentar os escritores!
gente que escreve com carinho e paixão, que nem vc. e que são talentosos e estão ai encantando com a arte que produzem.

e que esse livro seja um sucesso!
bom dia Patrícia!

Elis (Coisas de Lily) disse...

Todos vocs, pessoinhas queridas e especiais, são merecedores desse lindo projeto da Elaine.
Já garanti meus exemplares, e terei o maior orgulho de dizer que são meus amigos.
Beijos!

Glorinha L de Lion disse...

Oi Patrícia, nem sabia que seria citada por vc! Vc é uma pessoa muito generosa, especial mesmo. Obrigada, de coração por esse presente, beijo grande,

Glorinha L de Lion disse...

Voltei Patrícia, pois agora li o texto todo. Menina, que ideia bacana! Só mesmo ajudando uns aos outros podemos divulgar os novos escritores de talento. Claro que há os que lançam livros e não tem talento algum. Não sou crítica literária, mas tb não sei mentir. Jamais divulgarei algo de que não goste. Na net tem gente talentosa demais, e como vc disse muito bem, nesse mercado onde só o lucro interessa não há muita chance pra nós...Então, vamos nos dando as mãos e tentando, juntos, ficar mais fortes! Belíssima iniciativa, Patrícia! Vou visitar essas escritoras que vc citou. Muitos beijos e, mais uma vez, minha gratidão!

Fabi Teixeira disse...

Parabéns, Patrícia, por fazer parte deste livro que parece tão especial. Eu li o post da Elaine e fiquei louca por um. Gosto te incentivar iniciativas assim. Adorei teu texto do post anterior sobre o tempo. Quem me dera ter tempo pra tudo !

Beijo grande.

Tays Rocha disse...

Pat, eu amei essa iniciativa, vou comprar o meu sim, o da Van eu já tenho e quero o da Iara também. Embora não fique falando aos quatro ventos, eu amo ler, e não há um mês que eu não compre algo. Fiquei super feliz e admirada com o talento e criatividade, sensibilidade dos contos que li. Daqui eu não conheço a Fal e a Gloria, mas vou lá conhecer. Vc é super talentosa, com textos bem escritos, gramaticamente falando e conteúdo. Textos que apesar de realistas, às vezes duros, sabem nos tocar e nos comover, sem ser sombrios em momento algum, é uma leitura edificante e prazeirosa. Não esqueci do livro dos Dinos... hehehehe, apenas tudo se enrolou por aqui, mas dia 20 é dia de alegria $$$$ kkkkkkkkkk e assim que eu receber, quero meus livros!!
Muito, muito feliz por vc e pelos outros escritores talentosos, linda iniciativa da Elaine! Beijocas amiga e sucesso ♥

depossibilidade disse...

Salve, Patrícia!
Todos os méritos para a iniciativa da Elaine, não!? Tô feliz também com essa publicação que, embora não seja a primeira, é sempre importante, porque as portas das editoras ainda bem estreitas.... toda oportunidade como essa vale risos! E dá-lhe divulgar. Beijo!

Casa das Bonecas de Pano de Ipiabas disse...

Olá Patrícia, eu já sonei e sonho com um livro infantil, por que o mundo mágico que vivo me leva a sonhar com isso, quem sabe um dia bjs Leila

camila prietto disse...

Olá Patrícia, tudo bem? Sou escritora também e como você busco meu lugar ao sol, belíssima iniciativa a sua de ajudar a publicar escritores que não tem espaço como os estrangeiros em nossas livrarias e editoras, não que eles não mereçam mas aqui temos muitos que merecem ser divulgados, tão bom quanto os de fora. Tenho um blog que conto com parceiros para divulgar o meu trabalho http://www.camilaprietto.com.br/ e um site em que fala do meu pequeno sonho da publicação da minha série www.mestresdaluz.com.br já consegui publicar o primeiro "Em Busca do Guardião da Luz" pelo Proac, e estou na luta para publicar o segundo!!! E vamos que vamos lutar sempre, desistir jamais!!! Bjim Camila