22 de out de 2010

O Fantástico Caso da Bolinha de Papel

Sei lá, cara, é muita vergonha alheia um candidato a presidência tentar transformar uma bolinha de papel, num atentado terrorista. Mais vergonha alheia é uma emissora do porte da Rede Bobo dedicar infindáveis 7 minutos analisando se foi uma bola de papel ou uma bola de adesivos que acertou o presidenciável.  Da mesma maneira, a vergonha alheia triplica ao ver um técnico conhecido por só analisar casos escandâlosos perder seu precioso tempo, analisando se foi uma bolinha de papel ou se foi uma bola de adesivos que acertou o frágil candidato.

Da minha parte, que não consegui enxergar absolutamente nada no tal vídeo esclarecedor do jornalista da Folha, pra mim, era a mesma bolinha vista de um ângulo diferente, chego as seguintes conclusões:

1) Que se tinha alguma dúvida do meu voto ser da Dilma, agora tenho certeza absoluta, porque se o candidato Serra, faz tomografia computadorizada por uma simples bolinha de papel e é mandado ficar de repouso 24 horas, imagina se ele leva uma sapatada igual Bush? Era caso de UTI. E, como ele já é conhecido por abandonar os mandatos, corremos o risco de sermos governados pelo homofóbico Indio da Costa.

2) Olha só, com uma careca brilhante que nem a do Serra, se batesse um objeto pesando "aproximadamente" 2 kg, segundo o homofóbico vice, essa careca não ficaria, no mínimo vermelha?

3) Além de falar da escandâlos e dar vexame devido a uma bolinha de papel, qual é a proposta mesmo do Serra? Por que até agora, só ouvi propostas já existentes e de manutenção de coisas do atual governo; E, se é para manter eu fico com quem já conheço.

4) A Folha paga muito mal os seus jornalistas e os equipa pior ainda, por que com tanto celular capaz de captar até o pensamento da pessoa, o jornalista conseguiu usar um celular pior do que o meu antigo! O meu vídeo pelo menos, não ficava desfocado do jeito que esse ficou.

5) E antes que me acusem de incitar a violência, sou contrária a toda e qualquer forma de violência, mas se tiver que existir, que seja com bolinhas de papel, e não com granadas de  "efeito moral," a ponto de arrebentar a barriga de um amigo, nem com cassetetes a ponto de lesionar meu tendão ou perfurar o tímpano de um outro amigo, tampouco com balas de borrachas que feriram tantos professores em São Paulo recentemente. Todos esses episódios aconteceram nos governos do PSDB, com FHC  na presidência e o Serra em São Paulo.

15 comentários:

Alessandra disse...

Boa! Muito boa!!!!

Bjinhos,
Ale

Bel disse...

Como sempre, bem colocado, só falta a linha pra assinar embaixo! ;)

Beta disse...

Bom, pode até ser, mas a Dilma e o grupo do Lula tão fazendo muito feio tentando de todas as formas achar algo para acusar o Serra.
Sinceramente não gostaria de votar em nenhum dos dois...

Lilah disse...

AMEI!
Outro texto que eu queria ter escrito! kkkkkkk

Bia Bernardi disse...

Finalmente alguém nesse mundo também achou um absurdo que uma simples bolinha de papel pudesse ser tão "agressiva" assim!
Pelo amor de Deus, né? Acho que nosso colega exagerou dessa vez.

Mas concordo com a amiga ali de cima que diz que não temos escolha, porque não há como escolher alguém para votar...

Infelizmente, tenho medo de pensar em onde é que o Brasil vai parar...

Accácia disse...

Olha,vou concordar com essa palhaçada toda acerca do Serra,mas vamos combinar?Estamos mal nessa escolha para presidente.
Qual dele é o menos pior???

Alexandre Mauj Imamura Gonzalez disse...

Tem um link para um post que fiz no Portal Nippon, na parte superior do meu blog, na qual falo do ridículo que foi essa questão. Tem até um game, pra acertar na cabeça do Serra. Poxa, é demais essa indústria do boato. Já não tava bom "ficar apenas na demonização da Dilma"?
Vá fazer a mãe de trouxa, né.
Passaram do limite, e claro, dona Globo apoiando tuuudo...

que nojo dessas eleições, estou qse gorfando que nem a Aretuza no parque rs

Telma Maciel disse...

Concordo em termos com a Beta. Mas qual dos dois não tá procurando acusações? É só o que fazem.
O negócio tá da seguinte forma: Serra é um idiota... Dilma é doida...
Mas essa do Serra sofrer um faniquito por causa de uma bolinha de papel? Poxa, qualé? Ele não viu o episódio do Bush (não que eu goste deste, mas ele não deu piti)
Sei que os candidatos estão me dando preguiça... mais que o normal... rs
Mas, ó, seu texto, só pra variar, tá ótimo!!

Kelly disse...

Essa da bolinha de papel foi o fim da picada!!!! beijos

Jurubeba disse...

Paty,

Seu texto foi perfeito.
No dia que saiu a primeira reportagem e sem sabermos o que foi, achei exagerado o Serra ir fazer tomografia. Na verdade eu gargalhei junto com o marido. Que drama!

Mesmo assim, estou com receio, indignação e nojo dessa batalha entre Dilma e Serra. Ambas as campanhas baseadas em que?
Onde o fato que domina os noticiários é uma bolinha de papel?
Afffffffff

Eu não vou votar no Serra nem no PSDB nem amarrada... mas estou enfrentando uma dúvida do que faço com meu voto!

Sou contra a violência, mas acho que elas são reflexo do que está sendo esse 2º turno. Lastimável!!

Em relação a "piada" que foi a edição feita pela Globo, nem comento mais,ela pensa que o povo é o mesmo que votou em 1989, onde ela era líder absoluta?
Os tempos são outros RedeBobo!

ps. Eu ri com alguns comentários rsrsrs O da Telma foi o melhor kkkkkkkkkk

Rafaela Andrade disse...

Olá! É a primeira vez que eu venho aqui, adorei o texto. Eu fiz uma sátira ontem sobre isso no meu blog de esportes, porque virou esporte essa lama no ventilador.

Patético!!!
Um abraço pra você!

http://apenasumpontoesportivo.blogspot.com/
http://www.apenasumponto.blogspot.com/

DILERMArtins disse...

Mas bah, guria.
Gostei.
Parabéns.

Bia Bernardi disse...

reparando bem, na realidade existiu também um canudo de metal que foi arremessado contra o coitadinho do Serra e que por conta disso é que foi fazer a tomografia.
De toda forma, é exagero e esse careca tá apelando pra onde não devia...

Marina disse...

Acho que o texto merece uma série de correções.

Em primeiro lugar a tomografia computadorizada não foi feita por causa da bolinha de papel e sim por outro objeto. Isso foi comprovado por DUAS perícias diferentes das quais comentarei a seguir.

Não posso afirmar se a cabeça do Serra ficou vermelha ou não pois o candidat imediatamente se retirou e marcas não aparecem no exato momento do ferimento.

Creio que qualquer um que se informe um pouco sabe as propostas dois candidatos. Elas já vem sendo expostas à meses.

O argumento do celular para mim é completamente descabido. Como se pode exigir qualidade de imagem num tumulto como aquele? Já me impressiona que a cena tenha sido filmada.

Acho uma ignorância falar que agressões mais graves tenham acontecido só nos governos do PSDB e creio que nem preciso me estender pois é óbvio demais para eu ficar explicando.

Gostaria de saber de quem fonte vêm as acusações de homofobia praticadas por Índio da Costa.

Obrigada e me desculpe qualquer coisa. Apenas li o texto e não pude ficar calada.

Marina disse...

Não havia comentado sobre as perícias. Agora comento aqui.
Para não restar dúvidas sobre a perícia feita pelo Perito Ricardo Molina outra perícia foi encomendada pela Rede Globo de Televisão dessa vez feita por outro perito.
Você pode encontrá-la no site www.g1.com.br e inclusive ver o documento original do perito que prova por A+B que o objeto que atingiu o candidato José Serra não se trata de uma bolinha de papel.