7 de jul de 2008

Delicadezas


Meu filho saiu do hospital. E mesmo que a terceira guerra mundial estourasse essa manhã. Eu continuaria cantarolando e vendo flores e borboletas pelo caminho.
Voltar para casa com meu pequeno sorrindo e tagarelando sobre as cores dos carros que passam é uma sensação indescritível. Alegria? Muita! Alivio? Imenso! E uma sensação enorme de gratidão a tudo, a Deus, a vida, a fé, ao milagre...

Prendo ele em meus braços, enxugo lágrimas que ainda teimam em escorrer, mas não mais de medo, ou impotência, mas de felicidade. Plena. De repente consigo dimensionar tudo. E percebo que nada, mas nada mesmo, vale mais do que o sorriso que ele deu a pediatra, quando ela perguntou se ele queria ir para casa essa manhã.

Foram longos e dolorosos dias de angústia. Vendo meu pequeno uma sombra do era sobre a cama. Um pequeno herói que acompanhou passo-a-passo a sua doença, tentando consolar a mãe e o pai aflitos, num tênue sorriso, dizendo sempre que ia “melolar”.

E agora ele está em casa, contando para todos que vêm visitá-lo sua aventura no hospital e agora sei que a vida é realmente bonita, é bonita, e é bonita! Como já dizia a canção.

6 comentários:

Bel disse...

Sim, sim, sim! Nada melhor que ver um filho BEM!!!

Espero que não tenha sido nada grave... mas a carinha dele de sapeca, já está dizendo que ele "melolou"!

Beijinho!!!

Jady disse...

Mulher!! O que ele tinha Jesus?!?! Fico feliz que ele tenha "melolado";-)

Beijo em vc moça... Esse é meu primeiro comentário aqui? segundo? naõ sei...sei que nem sempre dá pra comentar, mas tou lendo sempre viu? Pelo Google Reader. abençoado GR ;-)

batatatransgenica disse...

ô essa carinha mais gatosa!
que bom que ele melolou!
[modo derretida on]

Jéssica disse...

oow, que liindoo!
Deve ser uma experiência e tanto recuperar um bem seu! *-*

liindo! :D

Inagaki disse...

Bom reencontrá-la ao mundo dos blogs, Patricia. E que bom saber que seu filho está de volta aos seus braços. :) Um abraço e bom retorno!

Vivix disse...

Que bom que seu filho está bem!
Não sei o que ele teve, mas seja lá o que for, até mesmo uma dorzinha de cabeça deixa as mães em pânico. Ser mãe é assim mesmo. E ver a recuperação deve ser uma alegria sem tamanho.
Não sou mãe AINDA, mas sou LOUCA para ser. Acho que nasci pra isso. Fico toda boba com essas histórias...rs.
Seu filho é lindo.
Parabéns!
Muita saúde para ele, que Jesus esteja abençoando suas vidas.

BeijO*