7 de jan de 2015

Dia 07 - Je suis Charlie

Nenhum ato de violência se justifica ou se "entende". Um atentado, é sempre um atentado e as vítimas são vítimas, sem porém, ou talvez.

Eu tenho minha opinião, você tem a sua. E não é porque eu exerça o direito de ter minha opinião de maneiras quaisquer. seja através de música, dança, charges, fotos etc que você pode se sentir no direito de me matar. Isso se chama INTOLERÂNCIA. 

Infelizmente, parece ser esta a marca desse século. Estamos cada vez mais intolerantes. E numa progressão, intolerância, quando associada ao fanatismo, religioso, étnico, etc  sempre leva a morte. Como a que aconteceu hoje em Paris.

E nunca, nunca, nunca mesmo fale que os cartunistas não deviam fazer seus cartuns sobre temas religiosos. Pois no momento em que você define o que pode ou não, você interfere no direito mais sagrado do ser humano: A liberdade. Nesse caso, a liberdade de expressão e sem ela, não há eufemismo, é ditadura, nesse caso, a ditadura do medo.


Nenhum comentário: