14 de jun de 2013

Os 20 Centavos Nossos de Cada Dia


A matemática costuma não falhar. Nem mesmo quando sai dos frios números e invade os lares. De repente, todo mundo quer saber: Tudo isso por causa de R$ 0,20? Para entender isso vamos brincar de equação de 2º grau, onde x² + x + y = 0,20. Onde X pode ser igual a mais de 1,5 milhão de assinaturas pedindo o impeachment do presidente da Casa, senador Renan Calheiros - devido a uma série de acusações de corrupção e etc. X também pode ser o número de pessoas indignadas ao verem assumir a Comissão de Direitos Humanos, o Deputado Marco Feliciano, conhecido pelo discurso claramente racista, homofóbico e muitas vezes, misógino. X também pode representar as inúmeras desapropriações feitas de maneira truculenta por todo o país, para que a marcha da Copa desse sequência. Pode ser também as leis que surgem para evitar que políticos corruptos sejam investigados, tais como a PEC 37.


E temos o Y, que são os gritos das mulheres que estão vendo toda sua luta secular ser rasgada, por um tal  Estatuto Nascituro que nos trata como receptáculos, seja para gerar o filho de um estuprador, seja para gerar um natimorto, seja para morrermos, sem podermos ser tratadas...  Representa também as filas nos hospitais sem previsão de atendimento, as escolas públicas sem qualidade, os professores agredidos no contracheque e no seu cotidiano em sala de aula. 


E, é claro,  o transporte público que nós carrega feito gado, onde só podemos rezar para que nada nos aconteça aquele dia, nem assalto, nem acidente, nem assédios (se formos mulheres) e suspirar aliviados ao chegarmos em casa, com os nossos entes queridos, ilesos, após mais um dia.

E quando a gente monta essa equação, é fácil perceber que os tais 20 centavos no aumento das passagens é apenas uma gotinha d'água, num copo que já estava para transbordar faz tempo!

E o copo quando transborda, faz barulho. A corrente não pode mais ser contida em indignações onlines. Em manifestações nas Redes Sociais. Quando não se ouve a voz do povo, sendo dita através de instrumentos legítimos tais quais, abaixo-assinado, reuniões de gabinetes... É preciso GRITAR. E, não tem jeito, nem fórmulas mágicas: Esse grito só é dado nas ruas. Onde meus passos, encontram outros passos que caminham em uníssono em prol dos nossos direitos.

Quando o protesto atinge as ruas, além de alavancar a visibilidade daquilo pelo qual se luta, democratiza publicamente, o que até então estava restrito a gabinetes e afins.

O triste é ver a História ser repetida. Quando os jovens foram as ruas na década de 70 para contestar o regime militar, não se iludam, foram também chamados de baderneiros, vândalos, subversivos, que era a palavra da moda. E as cenas que assistimos estarrecidos nos últimos dias, lembraram de maneira dolorosamente aguda, às assistidas  naquela década.

30 anos depois, os jornais, os políticos (muitos deles, os jovens subversivos de outrora), e uma parcela da população vociferam contra os vândalos, baderneiros, subversivos atuais... igualzinho a antes, até mesmo na porrada... 

Ah, mas teve gente depredando o patrimônio público, você dirá. Sim, não nego. Alguns para se defenderem, outros porque são vândalos mesmo. Mas, até no melhor saco de feijão, vão existir grãos ruins, mas ninguém joga o saco fora, por causa disso,  e sim descarta aqueles que não prestam...

E, só pra encerrar, ninguém faz faxina na casa, sem arrastar os móveis. E esse país, tá muito precisado de uma boa faxina. E, sabe, na próxima passeata, eu também vou pra rua, ajudar a arrastar os móveis.







5 comentários:

Regina Coeli Carvalho disse...

Estaremos lá.
Afastem de nós esse CALA-SE!

Fernanda Reali disse...

Perfeito, Pat. Detesto violência, seja de manifestantes ou de policiais, mas o abuso dos políticos sobre a população está demais. Aqui no Rio, acho ainda pior, pois somente a zona sul e área do maracanã estão arrumadinhas. O resto dos habitantes nada recebe, só o lixo, o descaso. COPA para inglês ver, hospitais sem médicos para o povo morrer...

Alguém de disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
DIEGO NEGRAO disse...

GALERA ESPALHEM ISSO .... vamos fazer que nem nos dias das crianças, ao inves de colocar no perfil foto de personagens vamos colocar alguma foto sobre o dia 20 de Junho de 2013... o que acham ? eu fiz no meu !!!!

David Ramos disse...

Muito bom!
A explicação esta perfeita!