5 de abr de 2013

Definidamente pedra

http://www.melhorpapeldeparede.com/images/pedra-2940.htm

Foi então que a moça do RH perguntou ao grupo, o que eles seriam, se não humanos. Ouviu de um que seria uma ave; de outro, um peixe; teve quem quisesse ser leão, até chegar a vez dela. Que queria ser pedra.
Uma pedra? Exclamou a moça do RH, já anotando em sua prancheta, algo, provavelmente não bom. Mas pedra é estática, imutável. Pouco dinâmica.

Ela sorriu baixinho. E pensou como era errado isso. Uma pedra imutável? E a flexibilidade de deixar que as estações criem sua marca? O vento, a cada dia, molda seu corpo, criando esculturas naturais, tão lindas e únicas, que nunca serão iguais, pois a cada molécula que ele extrai na sua passagem, muda aquela pedra que se encontra em seu caminho.

E a chuva? Que com sua gotículas, cria vincos e sulcos, dilapidando-a como uma jóia.

Ah, e ser pedra, era ser marco. Ponto de referência dos que partiam, dos que voltavam. Dos que precisavam apenas do seu apoio, mesmo que momentâneo, para seguir em frente.

Eram de pedras as pirâmides, também de pedra foram as primeiras ferramentas e moradias, inicio de uma nova era da humanidade.

E, sabe? As pedras dentro do rio, rolam, transformando-se em seixos que seguem no rumo da correnteza, até chegar ao mar, morada final. Onde virarão habitat de corais e espécies tantas.

Sim, ela era pedra! Definitivamente pedra. Definidamente pedra. 

2 comentários:

Adelaide Araçai disse...

Também vejo a pedra como um elemento forte e cheio de mutações.
Adorei

Abraços

Pense e Sonhe - Cris Corradi disse...

A pedra é testemunha do tempo. Mutante sem pressa se transforma com as eras e conta sua própria história. É sábia e serena. Ontem rocha sólida, hoje solo fértil.