5 de out de 2012

Pessoas Vampiros


Tem dois tipos de pessoas que me assustam: As pessoas vampiros e as pessoas Sith (segundo definição do marido, fã de Star Wars, são criaturas que são fortes a base de sentimentos negativos, ódio, medo, inveja, etc)

As Pessoas Vampiros às vezes nem sabem que são vampiros, normalmente são pessoas pessimistas, que acreditam piamente que tudo na vida dela dá errado e que felicidade é uma invenção burguesa.

Tudo aquilo que você conquista, incomoda esse tipo de pessoa.  E sua energia negativa é tão grande, que ela suga a sua. Por isso, uso o termo vampiro. Essa pessoa, se alimenta da sua alegria, das suas conquistas, de você!

Quando muito perto desse tipo de pessoa, eu costumo ficar logo com dor de cabeça, sonolência forte, mal estar, etc. Como ela não costuma verbalizar o quão incomoda a sua felicidade, fica difícil identificar se você está sendo ou não vampirizado, a não ser pelos sintomas  físicos.

Ah, é claro, pessoas vampiros tentam afastar os outros de você. Por isso, sempre falam mal de todos que, por ventura, tentem se aproximar. Se você se deixar emaranhar por esse tipo de pessoa, logo estará envolto em uma teia  onde só cabem vocês duas.

Então, quando sua energia não for mais forte o suficiente para ela, te trocam por outra pessoa, sem pensar duas vezes.

As Pessoas Siths são mais visíveis. Odeiam a tudo e a todos, São motivadas pela vingança. Não conversam, proferem discursos inflamados contra algo ou alguém o tempo inteiro. Falam alto demais. Falam mal demais. Julgam e condenam todos. Só ela está certa. É a dona da verdade. E a verdade dela é absoluta.  Te sufocam num mar de ódio e falácias que não permitem contraposição.

Como odeiam a tudo e a todos, nunca estão satisfeitas. Se vão a um show, falam mal do evento do inicio ao fim, se num churrasco na casa de amigos,  reclama e questiona tudo que é feito, desde a temperatura da cerveja, até a qualidade da carne,  e, é claro, sempre faria melhor, embora nunca se ofereça para fazer.

É a namorada, para quem os parentes e amigos do namorado não prestam, , é aquela sogra que odeia todas as noras, ou ainda, a chefe que nunca reconhece o valor dos funcionários.

E, não se engane, se essa pessoa fala mal de tudo e todos para você, tenha certeza de que outro a ouvirá falar mal de você também. Por que é isso que elas sabem fazer, e é isso que as mantém viva.

Embora tenha muito medo dessas pessoas, e as evite no meu dia-a-dia, volta e meia sou obrigada a esse contato, durante um tempo, não sabia o que fazer, mas hoje, ao enxergar essas personalidades, costumo respirar fundo, e as ouço com ouvidos rasos. Como é isso? É ouvir sem deixar que as palavras me atinjam. Após algum tempo monologando, percebem que embora as ouça, não estou ecoando suas energias. Na maior parte das vezes, o plano funciona, elas se calam e me deixam em paz.

(post republicado)

4 comentários:

Beta disse...

Menina nem fala... conheço um monte!!1
Como estão as coisas? Faz tempo que não passo por aqui, desculpe.
bj

Letícia Alves disse...

Infelizmente é o que mais tem nesse mundo!

Dani Santos disse...

Não suporto esse tipo de gente e posso garantir que onde mais tenho encontrado é no meio da minha parentela! Uma coisa horrível! Tento e faço exatamente como vc: evito, mas se não for possível tento ser mais forte que os maus sentimentos delas. Mas aprendi a agir assim com o tempo, experiência...
Muito bom texto! Adorei vir aqui! Beijos grandes e um doce domingo pra vc
Cantinho da Galega

Denize (São José -SC) disse...

Maravilhoso seu texto,nos encontramos com pessoas assim todos os dias!mas temos que saber identificar e conseguir lidar com cada uma e ser forte para não deixar energias te afetar.
Lindo e interessante seu texto.