10 de nov de 2011

Felicidade Compartilhada

A felicidade, tão almejada (quase obsessivamente) por tantos, não vem num pacote fechado, somatória da equação: amor+casamento+realização profissional+maternidade+dinheiro+etc, até porque conseguir reunir numa única vida todos os elementos dessa equação, é dádiva restrita a poucos. 

Muitos passam a vida em busca dessa soma perfeita e vivem eternamente infelizes, uma pena. 

A felicidade não é um Santo Graal, algo externo a nós mesmos, que precisamos encontrar para nos acharmos. Eu diria que, ao contrário, precisamos nós achar, para tocar no cálice sagrado. 

Parece piegas, mas viver a vida saboreando os pequenos momentos felizes é muito mais eficaz do que essa eterna busca, que só traz angústia e, muitas vezes desilusão. 

Não é contentar-se com pouco, mas aprender que aquele pouco é muito. Que diariamente somos abordados por esses momentos felizes e cabe a nós abrir os braços para recebê-los.

O sorriso do meu filho, por exemplo, e uma descoberta que ele faça, nesse mundo novo que ele está a desbravar, é um dos meus muitos momentos de felicidade.


Um dia de bobeira frente a tv com marido, ou um passeio em família, com direito a sorvete e muita conversa  divertida.

Bate-papo furado nas redes sociais, com risadas garantidas e carinhos virtuais.

Uma tarde no meu spa mental com uma amiga querida, né Luci Cardinelli? Com papos animados e comidinhas gostosas.

Encontro no Centro para rever  amigas (as lindas Vanessa, Lin e Fernanda Reali) e conhecer novas (Josiana e Clara Miranda), trocar carinhos, conversa boa e presentes, mesmo de quem não está presente pessoalmente, mas no coração, né Elis? (Cadê você? saudade grande sua)
Baton e boneca de fuxico que a Elis mandou pra mim!

bloco lindo feito pela LolaSPFC  e canetas que ganhei no sorteio no blog da Fernanda Reali

Presente fofo que a JosianaJo me deu!

Tudo isso são momentos de felicidade para serem curtidos, relembrados e compartilhados. 

Por que, para mim, felicidade é isso e um pouco mais! É viver a vida, com a certeza de que ela é bonita! É bonita! É bonita! Mesmo que de vez em quando, ela apareça sem maquiagem, descabelada e sem unhas feitas.

Toda 6ª é dia de Pequenas Felicidades no blog Botõezinhos

7 comentários:

Josiana Leite disse...

Nossa lindo texto fiquei emocionada, brigada eu que digo por estar conhecendo pessoas boas e tão do bem, é um prazer fazer parte, simples momentos são tão especias que esquecemos que são simples, grande abraço.

Iara disse...

Que lindo Paty, é verdade isso tudo, a felicidade se encontra nas pequenas coisas e nos momentos que passamos ao lado de quem amamos.
Beijos

Celina Dutra disse...

Patrícia querida,

O meu Sabor de Ambrosia diz exatamente isso. E sou feliz porque cultivo a felicidade nas coisas de todo dia. Hoje por exemplo, uma pessoa entrou na minha casa e disse que sentia uma energia boa na casa. Fiquei tão feliz! Colhi um grande girassol! Quer felicidade maior do que ouvir a bisneta gargalhar? ou empurrar a mão que quer lhe dar comida porque ela não quer mais?
Girassóis nos seus dias. beijos.

Cissa Branco disse...

Patrícia,

Lindo texto, já sofri muito buscando a minha equação mágica, talvez pela minha formação nunca aceita me contentar com apenas alguma parte dela, queria tudo, mas cai na real e descobri que o meu tudo quem faz sou eu, e te digo, não tem coisa melhor.
Adorei o texto (novidade, kkk) adorei os mimos, as fotos e fiquei morrendo de vontade desse spa mental com a Luci e do encontro com as meninas.
Beijos

Marion disse...

Não conhecia esse teu blog ainda... vim lá das gurias do encontro! Delícia se encontrar com blogueira, não? E delícia essas felicidades... tb tô lá nos Botõezinhos... Abs. Marion

Tays Rocha disse...

Amei ler esse post Pat, adoro saber, ver que meus amigos estão felizes. Você é uma pessoa especial demais, iluminada, porque apesar de tudo, tudo e tudo... sabe ainda nos brindar com artes lindas, posts criativos, palavras doces e esse sorrisão que eu adoro!

Beijos e que venha mais uma semana recheada de alegrias!

Luci Cardinelli disse...

Como não ficar feliz olhando prá essa carinha linda do filhote, né mesmo? Eu apaixonei por ele :)

A porta do spa estará sempre aberta

beijoss