21 de jan de 2011

Clube das Amigas do Livro - Blogagem Coletiva

O twitter, para mim, além de ferramenta de trabalho, também é ponto de encontro de afinidades. Já falei aqui várias vezes das amigas que ganhei e amizades que se consolidaram via twitter e mais uma vez, o passarinho me trouxe coisas boas, como o Clube das Amigas do Livro.

Somos nove amigas, que adoramos ler e que resolvemos trocar nossos livros favoritos entre si, acrescentando uma cartinha sobre o porquê desse livro ser importante para a gente. Dessa maneira, não só lemos um livro novo a cada mês, mas também trocamos correspondência sobre ele!

A tabelinha das Amigas do Livro:
Quem me enviou o livro foi a Lola, que confundiu as Pats e primeiro mandou para a Pat Dona Amélia, que aproveitou que tinha tirado a Fernanda Reali no Amigo Oculto Craft e mandou junto com o presente dela! rs

A Mulher Perdigueiro


Já conhecia Carpinejar da Net. Amo suas tiradas, suas crônicas e sua prosa poética. Dos escritores contemporâneos, ele é um dos que figuram na minha lista de favoritos, por isso, receber este livro foi uma grata surpresa.

É um livro de crônicas que versam sobre relações afetivas de todos os tipos: amores, desamores, familiares, amizades, etc. Todas com a delicadeza  que só a escrita de Carpinejar possui. 

Procurando informações sobre o livro, descobri o blog da Cinthya - esposa de Carpinejar - o que bem legal! Ela também é dona de uma escrita poética e dona de um sarcasmo bem peculiar. Casal talentoso!

___________________________X________________________________
Encerrada as inscrições para o Sorteio do Livro da @Iarapoesia e de uma capa de livro em tecido. Hoje a noite vou realizar o sorteio e posto o nome do/a vencedor/a

5 comentários:

Alexandre Mauj Imamura Gonzalez disse...

o livro parece bem legal!
Lola fez arte, olha só, danada rs.
bjs

Giuliana: disse...

Essa brincadeira está sendo tão gratificante. Tanto que não conhecia esse escritor, e agora terei a oportunidade de conhecer tanto uma obra dele quanto de outros que nunca tinha lido e nem imaginei ler um dia. =]

Beijos

Fernanda Reali disse...

Quando o livro chegou aqui por engao, eu fiquei louca para ler. Folheei e li umas 15 páginas, ameeei. Vou esperar ansiosamente por ele.

Jura que Carinejar é casado com uma mulher? Te juro, juro pela gabi, achei que ele fosse gay. Não sei se pelo estilo de escrever, não sei de onde surgiu isso, mas eu tinha essa impressão.

beijo e vou levando este link para meu post.

Kelly disse...

Super legal essa iniciativa, adorei. E só livros ótimos hein!! beijo

Dona Amélia disse...

Frô, qdo recebi esse livro eu quase surtei, pq estava louca pra ler, li só a primeira crônica e pensei: é melhor parar, pq do contrário ele não vai agora pra Pat. rs
O Vicente, filho do Carp. tem um olhar poético q só pode ser hereditário viu. O guri só tem 8 anos... Espia lá depois: http://www.euvibichos.blogspot.com/

Xerinhos
Paty