16 de fev de 2010

LUTO


Acabou o BBB hoje. Semana que vem volto com meus textos de novo.

É que eu desço as escadas que me colocam diante de todas as possibilidades do mundo... Não, eu não estou preparada, mas pouco me importo com isso. Me inebria uma sensação de não pertencimento que antes apavorava, mas agora me retira das amarras do receio e do susto que as convenções insistem em fazer aprisionar... mas não a mim. Não agora. Não hoje.
I have an angel on my shoulder, but a devil in my head.... e me sinto bem... demais.


E da Lena também:
Homofobia

Até que ponto o ódio e o temor pelo que é diferente pode chegar? Estou chocada. E muito, muito triste. Não há palavras que possam transmitir meu sentimento de indignação e de mal-estar neste momento.

Faço aqui um compromisso público: Até o último dos meus dias, vou defender direitos iguais para todos e participar dessa luta que muitas pessoas já me disseram que não é minha, mas que passou a ser.

Não pode existir mais espaço para a homofobia, para o preconceito e para o desrespeito às diferenças nesse mundo multi-identitário em que a gente vive. Você NÃO precisa ser HOMOSSEXUAL para respeitar um HOMOSSEXUAL!!! Homofobia Já Era.

Faço minha as suas palavras Lena, e a luta é por quaisquer tipo de preconceito, incluindo ai o preconceito aos gordos. O que a Lena sofreu dentro da casa tem nome e se chama bullyng.

E só para terminar: "Estou cansada de tanta babaquice, de tanta mesmice, dessa eterna falta do que falar." (Lobão)

2 comentários:

Big Vício BBB disse...

Oi, Patricia!

Tenho certeza de que Lena se tirou do programa sozinha, quando fez a cena de querer sair, abandonar o jogo. O povo não perdoa isso.

Acredito que ela vá ficar muito mais feliz agora que saiu e produzirá muito texto bom. Estava chata no programa, triste.

Patricia, se puder, leia a entrevista do Pedro Bial na Playboy de fevereiro. Muito boa.

Bom dia!

Anônimo disse...

Patricia, o que mais me espanta é que a grande parte do público que tirou Lena da casa sob gritos de "Fora, gorda escrota!" é tão (ou mais) gordo e celulitoso que ela. A maioria das donas de casa, que formam a massa que vota em peso, não tem corpo sarado. E são essas senhoras, muitas até de idade avançada (como a dona de um certo blog que não tem o minimo de respeito com as pessoas e faz montagens toscas com as fotos dos participantes que não lhe agradam), que torcem por um Dourado sarado, que NUNCA daria bola pra uma mulher com o físico fora dos padrões como os delas.
Isso sim é dar um tiro no próprio pé.
Seria cômico, se não fosse trágico.