6 de dez de 2008

Instantâneos

O cheiro da chuva anestesia vontades. A tarde se arrastando numa preguiça lagarta. O frio invadindo ânimos, insinua chocolates e conhaques.

Lábios e abraços, risos e o contorno do seu corpo na penumbra da acizentada tarde, lembram-me de que a felicidade se faz em pequenos instantes.

Nenhum comentário: