8 de set de 2010

Eu uso óculos!

Eu uso lente, e ela anda defasada. Preciso urgente de um exame de vista e óculos ou lentes novas. Tenho um grau considerável, tipo, se estiver sem óculos eu posso até confundir um manequim com uma pessoa de verdade. Do ponto de parar em uma loja e perguntar para a manequim, onde é a seção de cds.

Um dia passava por uma rua e precisava ir para a paralela, quando olhei para uma galeria e percebi que ela dava acesso para a rua em questão, afinal tinham carros passando no final dela. Segui reto só parando quando dei de cara com um espelho gigante, e é claro todo mundo rindo de mim.

Sou danada para confundir ônibus, pior ainda se forem da mesma empresa, e com números próximos como 350, 351, etc. Já fui parar em outros destinos que não queria ir por causa disso.

Na adolescência, quando as lentes ainda eram um matéria de pouco acesso à maioria, usava óculos do tipo fundo-de-garrafa, os apelidos eram os mais “criativos” possíveis: quatro-olhos, olho de vidro, etc. Claro, que quando saia em grupo, morria de vergonha dos meus assessórios imprescindíveis,  e na maioria das vezes, optava por tira-los e ser guiada pelos amigos. O problema era quando eles se perdiam de mim e eu ficava, tateando, tentando me localizar. Para eles era fácil saber como me encontrar: era só ouvir o som de vidro quebrando, era eu esbarrando em uma mesa cheia de garrafas e copos.

Lembro de uma ocasião em que fiquei com um menino sem óculos e no dia seguinte não sabia com quem tinha ficado, ou melhor, não podia reconhecer o borrão que me beijara no dia anterior.

Atualmente, minha falta de visão, tem me pregado peças, algumas engraçadas, outras constrangedoras, como ler preço errado em lojas e supermercados, fico eu, tentando convencer o/a atendente de que o preço era esse e a pessoa me olhando com cara de “essa mulher é doida”.

Frases em carros e caminhões tem sido um divertimento a parte, leio “Amanda e Amante”,  pensando na coragem da mulher de colocar o adesivo, até perceber que era “Amanda e Amélia”, ou  “O Corno me protege”, no lugar de Coração.

Mas, o pior, definitivamente é a dificuldade de reconhecer rostos amigos! Canso de passar por eles e depois receber e-mails ou telefonemas desaforados perguntando porque que não falei, então, aqui fica o aviso, se você passar por mim e eu não te reconhecer, não ligue, é apenas uma questão de vista, ou melhor, da falte de.

7 comentários:

Lilah disse...

Eu uso óculos....não que eu deixe alguém fotografar isso...kkkk
Não me adaptei as lentes, tentei várias e terminocom coceira, inflamação e incomodada demais.
Felizmente o grau não é muito alto e não costumo dar bom dia a manequins...kkkkkk
Muito bom o texto como sempre!

Leticia disse...

Pat
Sofro do mesmo problema que você... o meu é tão grave que não consigo sair da cama sem o óculos ou a lente de contato. Atualmente estou na lente (faz 15 anos). Estou tentando fazer a cirurgia, mas sempre acontece alguma coisa que dá errado.
É péssimo! Coisas como ir à praia, entrar na piscina, etc... isso que mais me deixa mal. De manhã, acordo, coloco o óculos e só tiro para colocar a lente! Não sobrevivo...
Tenho 8 graus! rssss. Se tirar, acho que nem sair de casa, saio...
Beijos
lelê

Fabi disse...

Oi Pat,
adorei seu blog. Estou aproveitando pra olhar todos da lista do concurso e o seu foi o que mais gostei.
Você tem alma literáira e futuro!
bjs e Boa Sorte!

Jurubeba disse...

hahaha eu uso óculos, e tenho aversão a lentes. Mas meu grau é relativamente fraco, às vezes, para ficar bonitona, o tiro e sei que não reconheço ninguém de longe, nem o maridão.
O pior que o danado do grau vai aumentando com o tempo... e já não posso ficar sem ele em lugares públicos. No casamento não usei nada, graças a Deus não beijei o padre ao invés do noivo rsrsrsrs

Nunca passei vexame, só um tchauzinho de longe achando que B era A, mas nada demais, nada de conversas com manequins. rsrsrsrs

Adorei! ;)

Alexandre Mauj Imamura Gonzalez disse...

Nossa!
Achei um sarro a parte q vc conta do borrão que beijou rs. e o "corno me protege" hahahah

tenho um primo que usa óculos de grau mto forte. qdo ele vai tomar banho, ele tem que contar qtos passos deu no banheiro, para não se perder. 5 pra esquerda, 3 pra direita e chegou ao chuveiro. sem óculos, ele não enxerga nada.
eu ainda não preciso de óculos... mas sei q um dia vou usar.

No seu caso, tem como operar? Uma amiga minha operou e ficou bem.

bjs e boa vista! rs

Elis (Coisas de Lily) disse...

Eu tenho problemas, mas nem tanto!
Mas me solidarizo com vc. Pode deixar que não serei desaforada caso passe por mim e não fale comigo.
Só vou ficar de mal.
Brincadeirinha.
Senti sua falta onte.
Vê se te cuida!!

calma que estou com pressa disse...

oi Patricia - o jeito que tu contou tua história ´e muito engrçaa- das pessoas que não gostam de usar óculos e tem que usar- eta do meino - tinha que ter testado todos depois pra ver qual tinha beiado rrs- fllhos nõ leim esta parte-
a minha filha tem miopi genética , e a cada só sobe - mas ela mata um só te tirar foto com ela de óculos-
coloca o o óculos menina
bjs