24 de nov de 2010

Vou ali Comprar Cigarros...

Sabe que hoje entendo essas pessoas que dizem: "vou ali comprar cigarros." E desaparecem por anos, às vezes, até por uma vida inteira? Pois é, tem momentos que são tantas as cobranças, tantas as adversidades, que sumir parece ser a porta de emergência. Saída pela esquerda e meter o pé.

Você passa meses planejando as coisas, aguentando todo o rojão. Fazendo tudo certo. Dai um imprevisto - algo completamente aleatório a sua vontade - acontece e todo o planejamento desaba como castelo de cartas.

E você tem que administrar egos, problemas e incompreensões diversas. Sinceramente, depois de um ano montanha russa total, mais esse esforço é brabeza.

Juro que está faltando bem pouco, para pegar marido, filho, fazer uma trouxa e ir ali comprar cigarros...

23 comentários:

Patrícia Lerbarch disse...

Olha... vontade não falta, mas denota uma imensa coragem essa atitude. Se tomá-la, parabéns para vc!!!

Renata disse...

Caramba, nem fala...Eu sou uma pessoa muito metódica, então imagina o quanto eu piro com um imprevisto? Estou numa fase assim...doida para sair pra comprar cigarros...
Mas tenho que ficar e enfrentar.
Beijos, Renata
palpitandoemtudo

Afrodite disse...

Patrícia,
O lance de 'comprar cigarros' se dá qd vc vai SOZINHO!
Será que vc o faria?
Eu acho coisa de gente covarde tal atitude e vou explicar o pq:
*Quem não sofre cobranças?Todo mundo!Entrar na vida adulta é ser cobrado!
*Quem não se decepciona com pessoas?
Todo mundo!Por vezes esperamos demais do outro e esquecemos que nós tb nem sempre correspondemos as expectativas!
*Quem não tem problemas?
Todos!O ser humano que disser que NÃO tem problema das duas uma:ou está morto ou é alienado mental!
Então minha flor,ânimo que tudo passa...tanto as coisas boas quanto as ruins!
Se precisar de colo pode chamar que eu dou!
Beijo!

Mamis disse...

vc tá bem, ainda quer pegar o marido e o filho, e quando a gente quer ir sozinha comprar cigarro? hehehe. bjs

Alexandre Mauj Imamura Gonzalez disse...

vc levantou uma questão muito boa.
nunca vejo ninguém perguntar o motivo do fulano ou fulana "ter ido comprar cigarros". só ouço as acusações, o rancor...mas ninguém para pra pensar se realmente havia um motivo para tal. E sempre há.

mto bom, Patrícia!
bom dia

Lola disse...

Bem vinda ao clube amiga...hehehehe

Já perdi as contas de quantas vezes quis fazer isso: sumir! E olha que vc ainda quer levar marido e filho...eu já quis comprar cigarro e não voltar sozinha! Mas, falando sério, tem dias que a coisa é brava...mas ainda bem que, até essas passam!

Bjs e sorte!

Bel disse...

Ainda bem q vc quer levar marido e filho. Olha, aqui em Ilhéus tem uns cigarros bem interessantes... até sem fumaça e sem nicotina, azul da cor do mar! Quer vir comprar aqui???

Bjoooo

Afrodite disse...

Patrícia,
Passa lá no Confissões e pega o seu selo de natal!
Presentinho pra quem eu linkei!
Não precisa repassar!
É só pegar e colar,tá?
Um beijão!

Giuliana: disse...

Paty,

Mesmo sendo clichê: nada como um dia após outro. =]

Realmente, quando estamos numa situação que está como panela de pressão, por pouco não chutamos o pau da barraca, rodamos a bahiana e tomamos chá de sumiço.

Beijos.

Linda Carioca disse...

Olha, concordo com a Afrodite em tudo, força ! Sucesso pra vc !

Aline Monteiro disse...

Oi!
Tem dias que me sinto assim também. Nessas ocasiões, eu procuro onde está a cordinha pra eu puxar edescer do mundo.
Ainda bem que passa. Ainda bem que tem outras coisas que fazem valer a pena.
Bjo!

Dori DLua disse...

Bom... pelo menos vc inclui marido e filho na ida... Tem dias que dá vontade MESMO! Eu penso mto nisso! Frequentemente quero o meu canto e sossego, viver a minha vida com o namorado e a pequena. Vontade de deixar todo o resto de fora. Mas ultimamente tenho ficado com o pé atrás por causa da minha mãe... medo de deixá-la tbm... rs
Um beijo!

Luci disse...

vou ali comprar cigarros é definitivo
e só quem fuma é que vai!
há que se ter coragem pra romper todos os vínculos.
se precisar de fogo, me chama!
bj

Jana disse...

Sabe, que eu tenho pensado muito nisso????
Mas para onde ir?
Quem vai conversar comigo quando eu precisar?
E quando eu sentir saudades?

Dificil a vida né....

beijos

Maraguary disse...

Peraí que vou ali comprar cigarros... quem não queria ter essa coragem uma vez na vida que seja???

Jurubeba disse...

Paty,

Pode ir comprar cigarro, mas leva o note junto e não abandona a gente nem o blog, tá?
;)

Acredito que o ano de 2011 será melhor! Vem acreditar comigo!

Beijos

Vivi Oliveira disse...

Bem amore,vc sabe que tb sou candidata a repovoar a terra em 2012,né? 2010 não tem sido nada fácil,mas acredito que 2011 será melhor...vamos acreditar juntas???? Cheirinho! Vivi Oliveira.
Ps: Comprar cigarro é fugir e vc é uma moça valente ;)

Gislaine Fernandes disse...

Ando assim com muita coisa por fazer e sem tempo pra mim mesma...nessa trouxa toda (sem o marido) não sei se teria coragem de carregar.
Acho que tudo isso é reflexo dessa vida louca dos dias de hoje.
Blog lindo !
beijos

sanbahia disse...

Patricia, tem momentos na vida que temos vontade de pegar as trouxas e saltar fora.
Gostei e fiquei em seu blog.
Um abraço.

Nira disse...

às vezes também tenho essa vontade de ir ali comprar cigarros...

★★ GIZA ★★ disse...

ola
fiz um blog novo e adoraria ver sua presença por lá
se gostar me segue por favor
www.amorimortall.blogspot.com
beijinhus

Kelly disse...

Patricia to com saudades, já voltou por twiter volta pro blog.....beijos

Paulette Southard disse...

Oi, Pat
Concordo com o Alexandre em gênero, número e grau. Eu fui comprar cigarros sozinha há 5 anos e até hoje as pessoas comentam a minha coragem por isso. Mas, sempre tem alguns que pensam pelo lado da covardia, mas isso nao é verdade. Pra se tomar esse tipo de atitude é preciso alguma fibra... eu descobri a minha sem saber que ela existia.
Vc quer levar sua familia e isso é muito bom: portanto, nem tudo está perdido.
Tudo passa e ... suaviza, amiga.
Fica com Deus!