22 de mar de 2013

Aquecendo Corações - Campanha Solidária



Infelizmente, como uma repetição de um filme ruim, a Região Serrana do Rio de Janeiro é assolada pelas chuvas de março. 

Cenas tristes que se repetem ano após ano, com a anuência dos órgãos públicos, que primam pela irresponsabilidade administrativa, para não dizer corrupção, desvio de verbas entre outras causas, vemos pessoas desabrigadas, mortes e destruição.


E, é nessa hora que a nossa participação faz toda a diferença. Solidariedade para ajudar essas pessoas que precisam tanto. 

A Luci Cardinelli mais uma vez está encabeçando esse movimento e lá no blog Solidário explica como todos nós podemos ajudar! 

Então, peço a todos que por aqui passam, que deem um clique aqui e descubram como é fácil ser solidário!

18 de mar de 2013

Ela escolheu ser Feliz (e me ensinou isso)!

Ilustração: Robô BBBBolo

Hoje é seu aniversário. E, é engraçado que ao pensar no que te dizer, lembro das coisas que você me ensinou. Duas frases, que para mim, tiveram o poder de mudar muita coisa em minha vida. Frases que você traz como lema de vida: Eu Escolhi ser Feliz e Dividir para Somar. Sem ordem de importância, pois as duas frases foram extremamente revolucionárias. 

Parece loucura, mas até te conhecer - via BBB, paixão que compartilhamos, não sabia que a felicidade era minha decisão. Sempre tinha delegado a outros, a responsabilidade de me fazer feliz. É, claro, que como ninguém pode ser responsável pela felicidade de ninguém, vivia numa eterna montanha-russa emocional. Mas, além de falar/escrever essa frase, você vivenciava isso com tal intensidade, que fui apreendendo que isso era possível, que podia ser feliz, apesar de tudo, apesar dos outros, apesar de mim mesma...

Aprendi também com você, que diferente da matemática, dividir não significava menos, mas podia ser sempre mais! Por que dividir era sinônimo de compartilhar: idéias, estímulos, amizades, abraços... Logo eu, tão arredia para toques, descobri que abraçar renovava energias; olho no olho acalentava dores.

Agora, sem dúvida, o amor que tenho por você, veio na sua confiança em mim. Loucamente, você acreditou em mim, antes que eu mesma acreditasse. E se hoje as coisas seguem num rumo, ainda não consolidado, mas bem próximo disso, com certeza, muito devo a sua voz dizendo: você pode

Você é a madrinha da Bichos de Patch, não sei se algum dia verbalizei isso, mas é! Pois foi você com seus incentivos, seus links, sugestões e a certeza de que eu seria capaz, fez a lojinha tomar forma e começar os seus primeiros passos.

Fernanda Reali, hoje é seu aniversário, e o que mais queria te dizer, o quanto você é importante na minha vida. É muito bom rir com você, vibrar com você, chorar com você, debater com você, afinal, somos amigas discordantes! rs (relendo esse paragrafo agora, vi que quase virou a música da Xuxa) ;o)

Parabéns pra você! E que a felicidade não seja só uma questão de decisão, e sim, uma constante em sua vida! 

Aproveita e conheça mais da Fernanda:
Este post faz parte da Blogagem Coletiva sugerida pela querida Elis e tem mais gente falando da/e sobre a  Fernanda aqui ô: Pollyanna.

15 de mar de 2013

Felicidade...


Felicidade pode ser uma coisa complicada. Não é fácil se feliz. Para inicio de conversa nossa sociedade não a aceita bem. Pense bem, o que vende mais noticia: Uma matéria sobre a violência nas grandes cidades ou a beleza de um pôr-de-sol?

É só olhar os jornais, até sai a matéria do pôr-de-sol, mas na capa, vemos estampados a violência. E não é só isso, até mesmo na religião, esbarramos com dogmas do tipo: é preciso sofrer para entrar no reino dos céus. 

Então o paraíso será um lugar feliz, não o aqui, não o agora. O hoje deve ser banhado em lágrimas. Na literatura, no cinema, nas músicas, a felicidade passa ao longe. Filmes com finais tristes são sempre os mais lembrados, romances tipo Romeu e Julieta emocionam gerações; nas músicas, letras que falam da solidão e da dor, tocam de hora em hora nas rádios e os cantores vendem milhões de cds.

Vivemos viciados na tristeza. Os momentos felizes passam e sequer percebemos, tão entretidos em nossas dores que estamos. 

E é com essa base que afirmo: Não é fácil ser feliz. Requer um certo esforço. Uma certa disposição. Não. Realmente não é fácil. É preciso ter disposição para ser feliz. 

Necessário antes de tudo esquecer do que está ao redor. Um exercício rotineiro de sorrisos e abraços. Pois a felicidade se inicia em um sorriso. Apenas um. Dado com vontade, sem esperar retorno nenhum. Assim de repente, ao acordar e olhar para o/a companheiro(a), acrescido de um bom dia. Ou ao entrar no elevador e encontrar aquele seu vizinho de cara amarrada. Ou no trânsito parado. Ou em qualquer lugar, a felicidade se inicia com um sorriso.

Consolida-se com a percepção do todo. No lugar de acordar apressado, pensando no quão terrível pode ser aquele dia, iniciá-lo com a expectativa de boas novas. Olhar-se no espelho com os olhos da criança adormecida em você. Os mesmos olhos que contemplaram um arco-iris pela primeira vez. 

A felicidade é construida de dentro para fora. Não adianta esperar que o outro, ou que a vida, lhe entregue assim em uma bandeija. Você tem que acreditar nela. Vivenciá-la em atos e falas. Pensar na resposta, antes mesmo da pergunta ser formulada. 

E preciso, também, esquecer o que poderia ter sido e se concentrar no que já é, mas principalmente, acreditar no que ainda estar por vir. Descobrir a importância dos sonhos e no caso, de tê-los esquecido, relembrar cada um que tenha sonhado um dia. Perceber que tocar não pode ser tão dificil. Que um abraço é o que temos de mais forte. Cabendo a nós o primeiro movimento. 

Enxergar o outro, não com os olhos embotados de desconfianças e insinuações. Mas livre do medo e das idéias pré-concebidas. Para ser feliz é necessário acreditar. No outro, na gente e na vida.

Embora isso possa parecer um manual prático de como ser feliz, não é. Por que a felicidade não se vende em supermercados ou livrarias. Não existem regras para ser feliz. Pois é uma decisão que cabe única e exclusivamente a nós mesmos. E de nada vale livros de auto-ajuda se nós não estamos dispostos a apostar na sua existência. É preciso ao acordar exclamar bem alto, para que até você mesmo ouça: Eu quero ser Feliz. E é assim, acreditando nisso, que a felicidade entrará em nossas vida.

13 de mar de 2013

Para Luci, com muito amor!


Ela sempre diz que 13 é seu número de sorte! E com certeza é, afinal, é o SEU DIA. Mas, quer saber? Não é só o dia de sorte dela, mas o meu também, ou melhor, é o meu, e o de tantas pessoas que tiveram a sorte de tê-la em sua vida, nem que seja só por um momento.

Por que Luci é uma estrela, disfarçada de gente, uma estrela que brilha, mas gosta mais ainda de distribuir seu brilho. Se fosse defini-la em uma palavra, seria GENEROSIDADE

Ela é generosa naquilo que faz: artesã maravilhosa, que não hesita em compartilhar o que sabe. Ela é generosa naquilo que ela é, quando não consegue ficar apenas lamentando tragédias, mas se propõe a ajudar, a reerguer, a combater, nem que seja com trabalho de formiguinha, o que a natureza (e a ineficiência do poder público) destruiu - como no caso das tragédia das chuvas.

Ela é generosa como amiga, sempre a ofertar afetos, colo, conselhos e até mesmo, puxão de orelha - afinal, amizade não é só elogio.

E, eu me sinto muito sortuda por ter um dia cruzado o seu caminho e permitido que ela entrasse nele. 

Hoje é seu aniversário, amiga - e que orgulho tenho de te chamar assim, nesses tempos estranhos onde a palavra amizade/amiga virou vírgula, dita sem entonação ou emoção de verdade. Sua amizade é reticencias, é exclamação, é ponto, mas não final, porque o que quero é poder te levar dentro do coração e na minha vida por todos esses anos que Deus ainda vai nos dar!

Obrigada pela sua amizade e te desejo um Feliz Aniversário! Que esse ano que inicia hoje pra você,  traga tudo aquilo que você deseja, que você merece! Te amo, Luci

Para conhecer mais sobre minha amiga, Luci Cardinelli, visite:

Postando Sobre Artes - blog que fala de artesanato, onde você sempre encontra uma dica, uma inspiração, uma palavra amiga.
Vida - blog pessoal dela, onde sempre encontrará posts inteligentes e opiniões verdadeiras.