30 de dez de 2008

É a última vez que falo sobre isso... (esse ano)

De tudo que sei nesse final-de-ano é que não faço retrospectiva. Desde a grande crise (a minha, não a mundial) aprendi a viver um dia de cada vez. Sem muito planos e projetos futuros, tampouco arrependimentos passados. Apenas seguir em frente, tropeçando aqui e ali, mas seguindo sempre.

Então 2008 está acabando. Sem grandes sensações de vitórias, nem a tristeza das derrotas. Mais um ano começa. Ponto. Embora não acredite em nada dessa mitologia/simbologia que envolve a data, é quase impossível não pensar que é um ano todinho novo! Como uma folha em branco, poderei ir preenchendo-a do jeito que quiser. Se vai ser bom ou ruim, só depende de mim!

A única desvantagem é que não dá para apagar a escrita errada. Não tem liquid paper, delete, borracha que dê jeito, o erro vai junto, indefectivelmente te acompanhará para o resto dos anos que se sucederão.

Bem, como disse, nada de retrospectiva, promessas ou resoluções de ano novo, apenas desejos, não só para mim, mas para todos os que acompanham esse blog:

1) Menos spam e mais e-mails amigos na correspondência eletrônica;

2) Mais comunidades eu amo qualquer coisa e menos eu odeio a tudo e a todos!

3) Que os comentários abundem (sem trocadilhos, please, rs) nos seus blogs;

4) Que os IPs dos chatos e patrulhadores de blogs sejam auto-bloqueados;

5) Que a nova novela da Gloria Perez não detone com o universo dos blogueiros;

6) Que a nova revisão ortográfica apodreça e morra antes mesmo de se consolidar;

7) Que o Barack Obama se preocupe em governar apenas os EUA e não o restante do universo;

8) Que os cientistas descubram uma maneira de emagrecer comendo chocolate;

9) Que ganhemos R$ 1,00 para cada pessoa que diga : Você engordou, heim? 

10) E só para terminar, um nada original FELIZ 2009 para todos nós!

*******************************************************

A ilustração é da Criatura Marcelo Daltro feita para o meu antigo blog - A Criatura e a Moça

29 de dez de 2008

Homem não chora

Homem não chora. Isso ele aprendeu cedo. A marca no rosto, formigando, depois que o pai dera o tapa. Forte. Enquanto dizia, baixinho, quase sussurrando: Homem não chora. E ele não chorou mais.

Nem mesmo no dia que viu o amigo morto. Caixão cheio de flores branquinhas. Escondendo o corpo atropelado do adolescente, que nem ele. Mas, morto. O pai, segurando firme nos seus ombros, avisou: Homem não sente dor.

E ele que tinha um tique-taque no peito. Uma coisa qualquer que machucava tanto. Engoliu aquela dor que o invadia e aprendeu mais uma lição.

E assim cresceu, sem lágrimas ou dores. Levava porrada e revidava do mesmo jeito. Assim como o pai ensinara. E a vida se desenrolava solitariamente ao seu lado.

Casou jovem. Embora não soubesse bem porque. Uma transa imprudente e a namoradinha grávida impuseram a situação. A mão do pai, dura, quente, forte, mais uma vez encontrou seu rosto. Na frente do outro pai. Da menina. Vai casar, eu estou falando! E ele casou.

Acompanhava o crescimento da filha. De longe. Embora tão perto. Sem afagos, sem carinhos, sem a alegria das pequenas descobertas. Um dia, longe, quando o pai já havia partido para outros paradeiros. A mulher também se foi. Sem aviso, mala na porta, tô indo. E foi.

Ele ficou, sozinho na casa grande. Sem muitos confortos. Nem tv, nem música, tampouco livros, como antes fora a casa do seu pai. Numa noite, o peito explodiu. Foi parar no hospital.

Os médicos dizendo: Infarto fulminante, mas ele, ali, carregado de tubos, sabia que não fora o coração, fora o sentimento represado dentro dele, que achara finalmente a saída.

26 de dez de 2008

Correspondência Secreta


Eu tinha que escrever para você. Tinha que te dizer que esse Natal foi quase tão mágico como aqueles que tínhamos quando crianças. Sabe, quando terminava a ceia e tínhamos a autorização para rodar nas casas da vizinhança, ganhando presente aqui, comendo uma rabanada ali... 

Fazia tempo em que eu não me sentia tão feliz nessa época. Você sabe, depois que os avôs morreram, todos os natais começaram a ficar meio cinzas. Você me conhece, o que me incomoda nessas datas é toda a hipocrisia da coisa, pessoas que se odeiam nessa data se abraçam, dizem palavras lindas umas para as outras, mas amanhã, continuarão se odiando da mesma forma! Tudo falso e tão triste. Um mar de comida à mesa e toda uma geração de famintos rondando nossas janelas. 

Foi por isso que aboli o Natal da minha vida já faz tempo. Gosto de ficar só. Rodeada apenas por aqueles que amo e que sei que me amam. Poucas pessoas, quase só eu e ele, e você, se estivesse aqui... uma comida simples, filmes na tv e uma boa sensação de paz. 

Mas esse ano, tivemos um outro participante, o que você ainda não conhece. Na verdade, já tem dois natais que ele passa conosco, mas agora, ele efetivamente começou a fazer parte. 
Com ele,  o Natal começou antes, ainda no meado de novembro, na aventura de montar a árvore e botar enfeite na porta e ensinar canções natalinas (que ele aprendeu rápido e canta no seu balbuciar, às vezes quase inteligível, quando está brincando ou na hora de dormir).

Posso dizer que desde então, todos os dias têm sido Natal. Principalmente por que ele conversa com Papai Noel quase todos os dias e passou a ficar muito preocupado em ser um bom rapaz para ganhar o presente desejado. 

A história do presente daria um outro e-mail, mas vou tentar resumir! Ele pediu um carro do Super-Homem. O problema é que os fabricantes de brinquedos não inventaram isso ainda. E olha que rodei foi loja antes de descobrir esse detalhe.

A solução escolhida por mim e marido foi usar a imaginação: compramos um carro grande, um boneco do herói e adesivos impressos e na noite de Natal o pequeno ganhou seu carro do Super-Homem. Nunca vou me esquecer da expressão de seus olhos quando ganhou o presente!

E, sabe, naquele momento tudo, tudo o que estamos passando, as dificuldades, os problemas que se amontoam aos nossos pés, tudo isso desapareceu como por encanto. 

Ele sorriu e agradeceu ao Papai Noel e nós, que há muito deixamos de acreditar em magia, quase podemos ouvir o som das renas sobre nosso telhado.

beijos,

PD

24 de dez de 2008

HoHoHo e o Final da Promoção:

Queridos, 

A promoção foi um sucesso total, muita gente participando, torcidas organizadas, discursos emocionados, rs.  Mas, como tudo na vida, um dia se acaba e hoje é o dia de anunciar o Blog vencedor! Então, que rufem os tambores...

Primeiro, um pouco de estátistica: foram 151 votos ( 2 votos ficaram nos comentários do post anterior, mas contabilizei mesmo assim; 2 foram postos após o encerramento da votação, mas um deles foi dado simultâneamente com o encerramento - pude ver pela hora - por isso, também foi incluido; o último não, pois já tinha encerrado a promoção fazia mais de uma hora) - a propósito, alguém sabe como mudar a hora dos comentários? Pois o meu está maluco, era meia-noite e dois quando encerrei, mas nos comentários aparece nove horas! 

Então, com:

1 voto - minha querida Paola do Voto de Filha;
27 votos - A delicada Ciça (filha da Chris)  do Chris Frenzel;
55 votos - A insone Bel do Deixo Ler;
e em primeiro lugar com 61 votos - a fadinha Gigi do Arteiro Dilermando.

A notícia boa, é que  como é Natal, Papai Noel conversou comigo e decidiu que TODOS os blogs participantes irão ganhar seus objetos de desejo! Paola vai ter seu móbile de Joaninha, Ciça vai poder se divertir com o seu Leão, Bel finalmente vai dormir bem com sua máscara de dormir e a Gigi vai ganhar sua fada espiritual e como vencedora, pode escolher mais dois presentes lá no Flick!

Agradeço de coração, aos blogs participantes e aos votantes,  toda a festa que foi feita por aqui! :o))

Peço aos participantes que me enviem um e-mail: patricia.daltro@gmail.com passando informações sobre endereço de envio (não coloquem esses dados aqui, por favor!).

E para todos, FELIZ NATAL!

19 de dez de 2008

Promoção HoHoHo - Votação:


Ajudem o Papai Noel (no caso, a ajudante dele, rs) escolher para quem vai o Kit Bicho de Pano (Três objetos do desejo (a) vencedor(a)).

Listo abaixo os blogs participantes e você vai lá, lê a cartinha deles (post Promoção HoHoHo) e volta aqui e vota no blog escolhido.
Blogs participantes (por ordem de inscrição):


1) Quer Ler, Eu Deixo;



Então, agora é com vocês, conheçam os blogs, 
leiam as cartas para Papai Noel e votem AQUI, é só deixar uma mensagem nos comentários,
 dizendo: Eu voto em ________________. 

A promoção se encerra a meia-noite do dia 23/12, quando o blog com mais votos será anunciado o vencedor.

17 de dez de 2008

Promoção HoHoHo

Quer ganhar um kit exclusivo Bicho de Pano de Natal? Então faz assim: avisa aqui nos comentários que quer participar da promoção; amanhã listarei todos os blogs concorrentes, que deverão fazer a seguinte coisa: 

1) Entrar no meu Flick e escolher um objeto de desejo;

2) Na sexta-feira, postar (no seu blog) uma carta para o Papai Noel pedindo esse objeto; 

3) Vou fazer um post na própria sexta, listando todos os blogs participantes (que escreveram os posts);

4) Os leitores do seu blog devem vir até o A Vida sem Manual e escrever nos comentários: li o post de __________ e acho que ela/e  deve ganhar esse presente de Papai Noel.

5)  O prazo se encerra a meia-noite do dia 23/12;

6) Ganha quem tiver mais votos.

7) O prêmio é o objeto de desejo do vencedor, mais dois outros (que estejam no flick) a sua escolha.




12 de dez de 2008

Alguém me diz?

Como é que faz para tirar da gente uma coisa tola, que parece intrinsecamente ligado aquilo que a gente é? Arrancar o que finca raízes e partir? Deixar de acreditar naquilo que sempre sonhou? 

Como é que faz para deixar de ser aquilo que só se sabe ser? Vestir-se de normal e caminhar na mesma calçada que todos. Abandonar as nuvens e começar a pensar no feijão com arroz que te dizem é isso que tem que ser.

Eu sempre fui o sonho e quer saber? É uma merda perceber que não dá para ser sonho! Ou melhor, que talvez você não seja boa o suficiente para ser sonho!

Mais uma vez o não. Mais uma vez a frustração de saber-se algo, mas que tudo em volta diz não ser!

E eu não consigo deixar de querer escrever! Eu não consigo parar de acreditar em mim como escritora. Mas, a cada vez que um grupo que se auto-intitula especialistas em literatura diz “você não é o que procuramos“ alguma coisa em mim se parte e silencia. 

E eu no fundo insisto, por que talvez, quem sabe, um dia a coisa se silencie totalmente e eu consiga finalmente calar as palavras que insistem em mim.

Um Minuto para o Comercial:

A Rossana fez uma promoção muito legal. Alias, ela é toda legal. Tem um blog com um nome que achei muito bom (tudoporumenoventaenove); Faz coisas lindas (carteiras imperdíveis e flores para colocar no cabelo tudo di bom); Recentemente lançou um outro blog com as coisas que faz, o Sweet Cherry (outro nome que gosto, rs) e como se não bastasse fez uma promoção, como eu já disse muito legal! Vou deixar que ela mesmo explique como funciona:

Meninas,
Para adoçar a vida de vocês e divulgar um pouquinho o blog, resolvi fazer uma promoção.
Funciona da seguinte forma:

Você faz um post (com foto), da Sweet Cherry no seu blog.
As pessoas que lêem o seu blog, devem vir ao blog da Sweet Cherry e deixar um recadinho informando quando e onde leu sobre a marca.
Ex: "oi, meu nome é..., eu li sobre o blog da Sweet Cherry no blog da ..., adorei blá, blá, blá.
Meu e-mail é:......."
Enviarei um e-mail de confirmação de leitura do recado para a pessoa que escreveu.
Após receber retorno, esse recado estará contando para o blog que o indicou.
Se essa pessoa que escreveu, quiser falar da Sweet Cherry no seu blog, deve seguir as mesmas regras válidas para o blog onde ela viu a postagem.
Os três blogs que trouxerem mais pessoas ao blog da Sweet Cherry ganharão um kit com vários produtos da marca.

Prêmios:

1 Lugar:
01 - Carteira de mão com flor de fuxico
01 - Bolsa xadrez
01- Arco de flor
01 - Tic Tac de flor
01 - Broche de Fuxico
01- Blusa com broche de flor de fuxico

2 Lugar:
01 - Carteira de mão com flor de fuxico
01 - Carteira pequena de mão
01 - Arco de flor
01 - Broche de fuxico

3- Lugar
01- Carteira pequena de mão
01 - Arco de flor
01 - Broche de fuxico

E ai, gostaram?

A promoção rola durante as duas primeiras semanas de Dezembro.
Ou seja, você tem tempo de sobra pra divulgar o blog.

Qualquer dúvida, é só mandar e-mail que eu respondo..
Os prêmios serão enviados pelo correio para as respectivas ganhadoras.

Rossana

**************************************************

Então é o seguinte, eu poderia estar roubando no congresso, matando tempo na praça, mas estou aqui, pedindo aos leitores do blog que entrem - Sweet Cherry e digam que vieram pelo A Vida Sem Manual. ;o)

***************************************************

Quer fazer uma coisa legal? 

Li no Casa da Gabi que os correios  recebem as cartas que são destinadas a Papai Noel e as disponibilizam para que algum papai noel de plantão escolha uma ou mais e dê um presente a uma criança que com certeza não teria nenhum.

Já descobri uma agência perto de casa e amanhã estou lá indo ler as cartas. Vai ser muito bom ser o Papai Noel dessa vez. ;o)

Aqui você confere que agências estão partipando.

**************************************************

Ganhei um selinho da querida Lara do Pintando as Unhas, agradeço e aviso, segunda publico o selo e respondo o memê.

**************************************************

E, só mais um comercial - semana que vem tem promoção HoHoHo por aqui. 

6 de dez de 2008

Instantâneos

O cheiro da chuva anestesia vontades. A tarde se arrastando numa preguiça lagarta. O frio invadindo ânimos, insinua chocolates e conhaques.

Lábios e abraços, risos e o contorno do seu corpo na penumbra da acizentada tarde, lembram-me de que a felicidade se faz em pequenos instantes.

3 de dez de 2008

Sugestões para um Natal Feliz!

Momento Jabá:
Ainda não sabe o que dar de Natal? Abaixo algumas sugestões, lançamentos exclusivos a preços baixinhos.
Porta-celular e chaveiro : encantam e facilitam achar o celular na bolsa, forrado com espuma, protege contra atritos.
******************************




Carteirinhas coloridas com apliques: flores, gatinhos e borboletas para deixar sua vida mais leve. Tecido de algodão forrada com espuma - ideal para colocar cartões e documentos. 
******************************






Chaveiros coloridos e fofos para enfeitarem bolsas e/ou não deixarem perder chaves.

*****************************




E, é claro, não podiam faltar eles, os reis da festa. Os Bicho-maçanetas, espertos e cheios de charme, não deixam sua porta fechar e alegram o dia.
***************************
Se quiser ver mais, tem umas bolsas lindíssimas da d.Mamãe e outras coisitas mais, é só ir no Patch e Outras Coisas.

1 de dez de 2008

Desventuras Amorosas.

m algum momento a poesia se perdeu. Podia ser nas palavras, que agora desciam em sua pele como lâminas afiadas. Podia ser nos olhares, que antes ternos, soavam agora como uma sutil ironia, eterna desconfiança nas retinas.

Ela fingia não perceber a ausência do lirismo e escondia dores no detergente. Seguia passo-a-passo na direção do abismo infinito do não-amor. Estradas alteradas, ela sabia, mas insistia na contra-mão.

E, o pior de tudo, era perceber-se cada dia mais tênue. Desaparecia. E ninguém a sua volta parecia ao menos notar. Fazia-se silêncios, mesclava-se à rotinas de marido e filhos. Engolindo em seco e tentando não olhar no espelho, pois sabia, que em algum momento, quando não houvessem mais fugas, ela olharia em busca de reflexos e veria o nada, ausência final dela mesma.

Dia Mundial do Combate a AIDS

Experiências no flash - em Homenagem ao DIA MUNDIAL DO COMBATE A AIDS, uma animação curtinha para lembrar a importância do uso da camisinha. 

E lembre-se, AIDS não vê sexo, idade, etnia, etc. É uma doença séria, hoje em dia, pode ser até controlada, mas NÃO TEM CURA! Sem camisinha? pule fora.



Update: a briga tá feia, eu X animação. Confesso que até agora ela estava vencendo, mas vamos ver se agora vai. Obrigada a galera que avisou. ;o)